Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Administração do tempo e qualidade de vida dos estudantes durante a jornada acadêmica

por Ângela Candido da Silva - Psicóloga e professora do Senac Tramandaí

Vivemos numa sociedade que valoriza e define o conhecimento como o principal pilar para o sucesso profissional e, diante disto, cabe salientar a importância de se adquirir a compreensão e percepção com nitidez em relação aos conteúdos estudados. Ao contrário, passamos apenas como seguidores daquela informação.

Estudos apontam que cada pessoa desenvolve seu estilo de aprender e reter informações de forma diferente. É importante você identificar o seu estilo dominante de receber e processar a informação para assim planejar e programar de forma mais assertiva a sua rotina de estudos.

Felder e Silverman (1988) resumem quatro dimensões simplificadas e que podem contribuir a construir uma rotina específica. Em qual estilo você se identifica?

Ativo – o indivíduo coloca esforço no aprendizado e gosta de trabalhar em grupo;

Reflexivo – prefere aprender a pensar e gosta de trabalhar sozinho, no máximo com um ou dois colegas;

Sensitivo – concreto, prático, voltado para os fatos;

Intuitivo – conceitual, inovador, voltado para a teoria;

Visual – prefere apresentação visual do material tais como diagramas, fluxogramas ou imagens;

Verbal – o indivíduo se identifica com escritas e explicações comentadas;

Seqüencial – o processo de aprender é linear; o aprendizado acontece a medida que o conteúdo vai sendo incrementado;

Global – o sujeito processa o conhecimento de forma holística, ou seja, busca a compreensão dos fenômenos em sua totalidade.

Cabe lembrar, que cada pessoa pode se identificar com mais de um estilo de aprendizagem o que poderá ser um facilitador em organizar sua rotina específica de estudos.

Para incrementar este conteúdo, deixo algumas dicas simples e valorosas para você que é estudante ou está planejando ampliar suas competências nestes tempos de inovação.

  • Mantenha seus pensamentos baseados em fatos e acontecimentos positivos. Procure sempre se lembrar de suas vitórias, pois, já disseram os pensadores “você é aquilo que acredita”;
  • Estudar não pode ser uma obrigação. Estabeleça objetivos;
  • Faça um cronograma com conteúdos e prazos para você se guiar, principalmente neste período de aulas remotas;
  • Identifique o seu estilo de aprender;
  • Cuidado com a procrastinação, um dos maiores inimigos dos estudantes na atualidade;
  • Seja ponderado ao elaborar seu cronograma de estudos a não focar excessivamente conteúdos que gosta, pois há uma tendência a desenvolver gosto pelo que já dominamos.

Para concluir, observamos as diversas formas de contribuição do conhecimento à formação integral da pessoa e como o desenvolvimento das capacidades, tanto cognitivas como da convivência social, podem ser responsáveis pela construção do sujeito.

 

 

 

 

 

Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Nós apoiamos o Pacto Global
Melhores em Gestão 2018