Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

O que é importante para você?

por Patricia da Silva Moraes - Docente do Senac Floresta

Vivemos em um mundo que nos cobra caro por um bem que deveria ser de graça: o tempo. O tempo virou moeda pela qual pagamos um valor abusivo. O tempo nos rouba e nos dá. O tempo nos consome e nos alimenta. O tempo nos limita e nos liberta. Questão de dualidade, apenas? Não, obviamente. Questão de escolha, de priorização. Quando falamos que não temos tempo para algo, na realidade não estamos, de fato, priorizando aquilo.

Pode ser que determinada tarefa ou atividade não tenha importância ou não faça sentido para nós. Pode ser que nunca tenhamos pensado com mais cautela a respeito. Pode ser que estejamos priorizando coisas que estejam em desacordo com nossos valores e princípios. Pode ser que estejamos priorizando o circunstancial em vez do importante. Será que estou me dedicando ao que realmente importa pra mim?

Preste atenção ao que você está atribuindo valor. Pode ser que você esteja muito ocupado priorizando atividades que não são tão importantes e que acabam roubando seus preciosos minutos. Pode ser que você esteja tão sobrecarregado que deixe de alimentar suas horas, você esteja apenas as consumindo. Você tem sempre agenda lotada e nunca tem tempo para cuidar de si mesmo, ficar mais tempo com sua família e amigos, desfrutar de algum lazer. No trabalho, você está sempre apagando incêndios, correndo contra o relógio. Este tempo pode estar limitando sua liberdade. E por que fazemos isso? Talvez porque não estejamos sintonizados com nossa essência, com aquilo que verdadeiramente queremos.

Estamos agindo loucamente para ter e esquecendo-nos do ser. Apenas ser. Parece que nos dias de hoje é imperativo que você esteja sempre fazendo algo. Mesmo quando você está de folga ou de férias, você precisa estar em atividade. Até os títulos dos livros são com verbos em ação. Então, você sai fazendo e absorvendo tudo que aparece. Não quero fazer uma apologia contra a ação. Acredito que agir é fundamental para por o mundo e a vida em movimento. Mas ação sem foco e direcionamento é energia dispendida sem necessidade.

Você nem se pergunta mais se o que está fazendo faz algum sentido. Não dá tempo de pensar no tempo. Você está muito ocupado para isso. Da mesma forma que as pessoas muitas vezes não encontram tempo para suas questões pessoais importantes, elas acabam agindo da mesma forma em relação ao seu trabalho. Ocupam-se demais com coisas sem relevância, esquecendo-se ou não encontrando tempo para cuidar e agir em favor do que é fundamental. Quase como uma fuga inconsciente e silenciosa, você vai preenchendo sua vida com todo tipo de ocupação e atividade, para não ter que encarar de frente o que de fato você quer e o que de fato sua vida se transformou.

Ao encontrar a verdade e se deparar com ela você terá que fazer algumas escolhas e renúncias. Se quiser mesmo viver sua própria vida e seu próprio sonho terá que encontrar tempo para cuidá-los, tratá-los, saboreá-los, abrindo mão daquele tempo que limita, rouba e consome. E talvez seja essa a grande descoberta a respeito do tempo: encontrar sentido e valor em aproveitar as horas com o que nos dá satisfação, nos alimenta e nos liberta para sermos quem somos e não apenas sermos o que temos. 

Serviços da escola
Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Nós apoiamos o Pacto Global
Melhores em Gestão 2018