Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Resiliência: fator chave para o desenvolvimento profissional

por Eduardo Nunes dos Passos

O cenário atual em que vivemos tem trazido diversas mudanças significativas para as pessoas. Percebe-se muitas alterações nas estruturas das organizações impactando diretamente em nossas vidas pessoais. Isso é um fato constatado nos últimos anos. Ocorre que, muitas vezes, não estamos prontos para lidar com as transformações, demonstrando que é preciso sempre buscarmos adaptações necessárias para enfrentá-las.

É muito comum contemplarmos notícias que trazem informações de pessoas que estão cada vez mais estressadas, preocupadas e ansiosas, fatores esses que contribuem para o desenvolvimento de doenças emocionais. E como lidar com essas situações?

Surge então, um conceito que chamamos de resiliência, que é a capacidade de conseguirmos superar as situações-problemas, e ainda encontrarmos maneiras novas de enxergarmos o mesmo cenário e enfrentá-lo de modo que não sejamos prejudicados. (GALIETA, 2004; POLETTO e KOLLER, 2006)

Podemos afirmar, segundo Poletto e Kollrt, 2006, p.24 que as pessoas resilientes experimentam os mesmos medos e as mesmas angústias que qualquer pessoa quando submetida à tensão de mudança (não podemos esquecer que são seres humanos). Entretanto, elas são capazes de manter seus padrões de produtividade e de qualidade, bem como sua estabilidade física e emocional enquanto buscam montar seus objetivos. A resiliência não pode ser vista como um atributo fixo do indivíduo se as circunstâncias mudam.

Com base nesses conceitos, pode-se dizer que uma pessoa resiliente consegue se adaptar aos diversos meios e situações, mantendo um equilíbrio emocional e buscando maneiras de visualizar as situações críticas de uma forma diferente.

Quando trazemos a resiliência para o mercado de trabalho, podemos identificar novos meios para prosseguirmos com força total aos objetivos estratégicos da organização a qual pertencemos. Sabe-se que mudanças sempre ocorrem e nós seres humanos devemos estar prontos para isso. Ouvimos falar em crise e como será que estamos lidando com ela? Será que ficamos cada vez mais apavorados, ou procuramos enxerga-la com outro olhar?

Em meio a este cenário econômico é preciso mudarmos a nossa visão, ao invés de nos desesperarmos e lamentarmos. O mundo do trabalho precisa de pessoas engajadas que não temam as mudanças, e que encontre nelas uma nova oportunidade de desenvolvimento profissional.

Ser resiliente é uma característica que faz a diferença nos colaboradores das organizações, pois esses mesmo em meio ao caos econômico, encontram métodos de desenvolvimento profissional e utilizam desta situação a seu favor.

Vamos colocar a resiliência em prática. Desenvolva-se profissionalmente, utilize desse momento para seu crescimento pessoal e profissional, se engaje mais nas atividades de sua empresa, aprenda mais. Com certeza muito aprendizado lhe espera, mas antes disso é necessário mudar a maneira de enxergar essa situação.

 

Serviços da escola
Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Nós apoiamos o Pacto Global
Melhores em Gestão 2018