Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Geração Coca Cola

por Rafael Damé - Mestre

Vivemos na era da Coca Cola Zero com nomes e apelidos personalizadas, de acordo com as necessidades sociais do velho Maslow, afloradas na geração do Instagram, Facebook e outras vitrines que nos cercam já há um bom tempo. 

A sociedade envidraçada em que vivemos nos torna vítimas de um julgamento diário de grupos sedentos por informações, nos colocando na obrigação de, não só termos destaque no que fazemos, mas da necessidade de mostrarmos tal destaque para os outros. 

Sempre tive a certeza que o Marketing é a área mais descriminada da administração, não foram poucas vezes que ouvi dizer “...ele não é bom, isso é só marketing”, como se marketing fosse algo do demônio, sei lá...pois bem, aí estão nossas necessidades, não só as sociais, mas ainda nos desenhos de Maslow, as de estima, as pessoas querem ter “amigos” nas redes sociais, querem guardar ou mesmo criar suas latas de Coca Cola personalizadas. 

A internet e seus mecanismos de relacionamento criaram novas personalidades para as pessoas, os tímidos, introspectivos e anti-sociais ganharam novos perfis de condutas, criaram seus fakes, expressaram suas vontades, publicaram seus desejos, ganharam espaço! Tudo graças a um mundo virtual que a cada dia que passa é mais real, principalmente por ser composto por seres reais, por situações reais e por uma realidade que sempre esteve presente, são não apresentava espaço para popularizar-se. 

O fato balizador que divide a geração antiga dessa que convive conosco hoje chama-se informação, mais especificamente a gratuidade da informação, hoje ninguém mais paga para manter-se informado nesse mundo que vivemos, portanto, temos a opção de escolha, não irá se informar, seu concorrente vai, acesso, todos terão.

Serviços da faculdade
Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Nós apoiamos o Pacto Global
Melhores em Gestão 2018