Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

TV Digital Interativa no Brasil

por Paulo Roberto Luzzardi - Docente da Faculdade Senac Pelotas

Uma das grandes inovações que a TV Digital Interativa (TVDi) trouxe foi a interatividade, em tese. De acordo com o “Aurélio”, interatividade é qualquer ação que se exerce mutuamente entre duas ou mais coisas, ou duas ou mais pessoas. A interação permitirá que o telespectador participe ativamente da programação que está sendo transmitida através de aplicações que são enviadas juntamente à transmissão do sinal digital, ou seja, parte da banda será alocada para o envio de dados. Os aplicativos, assim como nos computadores, possuem inúmeros recursos que estão disponíveis ao programador, para codificar seu aplicativo.

Com o surgimento de novas oportunidades, frente à televisão, ocorre em paralelo uma imensa revolução entre os tipos de telespectadores, pois surgem os telespectadores ativos, ou seja, o modelo de transmissão digital cria um novo modelo de relacionamento com seu público. A interação com a televisão só é possível havendo aplicativos específicos para a televisão que é executado na camada de aplicação do terminal de acesso. Todos os sistemas de TV Digital no mundo utilizam um sistema de camadas para a organização dos diferentes padrões do sistema.

O funcionamento das camadas é comparável ao do utilizado em redes, ou seja, cada camada é responsável pelo tratamento de uma informação específica. As camadas são (em ordem de execução): modulação, transporte, compressão de áudio e vídeo, middleware e aplicação. 

Serviços da faculdade
Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Nós apoiamos o Pacto Global
Melhores em Gestão 2018