Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Os desafios das operações logísticas

por Luis Eduardo Gazzola - Docente da Faculdade de Tecnologia Senac Pelotas

Em um mundo cada vez mais globalizado, o acesso a informação permite que cada consumidor procure aquilo que convém à sua condição, sem depender de extensa espera e custos altos. Tudo isto acontece graças a velocidade com a qual os serviços logísticos ofertam produtos e serviços e suprem a demanda de colocar em suas mãos, em poucos dias, um produto fabricado na China, do outro lado do planeta.

Muito se tem falado sobre logística, custos, eficiência e eficácia das operações. Muito se tem discutido a respeito da infraestrutura de nosso país, que é muito precária, principalmente em nosso Estado, faltam estradas, nossos aeroportos do interior são ultrapassados e apenas 10% das nossas exportações via aérea são enviadas pelo Aeroporto Salgado Filho, pois a estrutura disponível não comporta aeronaves de grande porte.

Nosso porto marítimo, está em condições aceitáveis, mas a estrutura não comporta grandes safras de grãos, pois faltam armazéns, estrutura de embarque das cargas e atracadouros para navios. Neste ano de 2015, novamente teremos uma safra recorde de soja no Rio Grande do Sul, que vai certamente culminar com grandes e extensas filas de caminhões a espera de lugar para descarregar no Porto do Rio Grande. Pouco, mas muito pouco se tem discutido a respeito da formação dos profissionais que atuam no setor. Sim, precisamos de infraestrutura em nosso Estado, em nosso País, mas e a mão de obra disponível para efetuar a operação nas organizações, elas estão em condições de aturar neste mercado tão competitivo e globalizado? Estão prontas para operar sistemas complexos de carga e descarga? Estão comprometidas com as empresas em que atuam? Entendem a necessidade de dominar outros idiomas para assim ter um bom nível de comunicação com outros países e seus parceiros comerciais? Sabem que do outro lado está o cliente final? Globalização não é apenas termos acesso a produtos fabricados em outros países a nossa disposição, não é apenas acesso universal a informação.

Seja fundamental, técnica ou superior, a educação precisa ser pensada de forma global, de forma a integrar nossos profissionais a técnicas, produtos e serviços utilizados no mundo inteiro.

Só teremos uma operação eficiente, se tivermos custos baixos, infraestrutura moderna, menos burocrática e, principalmente, profissionais com formação específica. O desafio é muito grande e por hora nossa missão é reduzir custos, aumentar nossa qualidade e suprir as necessidades de forma criativa e sustentável, mas precisamos pensar no amanhã e não só no hoje. 

Serviços da faculdade
Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Nós apoiamos o Pacto Global
Melhores em Gestão 2018