Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Inglês? Para quê?

por Vivian Correa da Silva

Afinal, para que aprender inglês se eu não vou viajar para o exterior? Para que aprender inglês se eu tenho aplicativos de tradução? Para que aprender inglês se no meu trabalho eu nunca vou utilizar?

Essas perguntas cercam docentes e aqueles que trabalham com idiomas com muita frequência. E será que elas têm respostas? Sure!

Muitas pessoas acham que não necessitam do idioma pois não costumam viajar. Ledo engano, meu amigo. Você não precisa sair de casa para o mundo vir até você. Você está conectado o tempo todo! O mundo está conectado em você, no seu celular, na sala de sua casa e até no GPS do seu carro. O uso do inglês (mesmo que mínimo) é inevitável. Preste atenção apenas nos nomes de suas redes socias, aplicativos e streamers (viu? É uma palavra inglesa). Sem você perceber, você já lembrou de muitas palavras que nem foram traduzidas ao português e todo mundo usa no dia a dia, incluindo você.

Falando em tecnologia, você pode pensar que os aplicativos de tradução chegaram para acabar com qualquer aula de inglês. Think again!

Eu, como docente e tradutora, posso afirmar que os aplicativos de tradução são uma ferramenta de consulta para quem já fala o inglês como segunda língua e, no momento, está longe de ser a salvação de quem não sabe inglês.

 Um idioma envolve muito mais do que perguntas sobre “Que horas abre o museu?” ou “Onde fica o restaurante mais próximo?”. O idioma é algo vivo, mutante, cultural e cheio de gírias. Erros de interpretação são corriqueiros e divertem os docentes de inglês na hora de corrigir um texto, por exemplo.

E, finalmente, a desculpa de que “no meu trabalho eu nunca vou utilizar”. Really? Você pode não estar trabalhando com estrangeiros hoje, porém essa será a realidade do amanhã. Em grandes cidades brasileiras, motoristas de táxis, recepcionistas, porteiros e atendentes estão falando inglês diariamente. Eles são os primeiros a receber os “gringos”. Além do mais, você já ouviu falar que quem fala inglês ganha mais?

Costumo dizer que o mundo é muito maior em inglês. Faça um teste simples: basta digitar a palavra “mesa” no seu buscador online. Agora digite “table”. Veja a quantidade de resultados da mesma palavra em português e inglês. A diferença é enorme.

O inglês é a língua da ciência, da tecnologia, da política, do entretenimento. Tudo que acontece, acontece antes em inglês e só depois é traduzido ao português. Por isso, não seria ótimo ter autonomia e segurança ao pesquisar informações em sites estrangeiros e em primeira mão? O estudo do inglês melhora a autoestima e a fluência verbal, ajuda a exercitar o cérebro, estimula a criatividade, proporciona autonomia e oportunidade de se comunicar com o mundo, além de atrair ótimas oportunidades no mundo competitivo do trabalho.

Serviços da escola
Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Nós apoiamos o Pacto Global
Melhores em Gestão 2018