Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Por que aprender inglês?

por Maria Christina Menezes do Prado - Docente do Senac Uruguaiana

A língua inglesa é considerada uma língua internacional. É a língua oficial na América do Norte – nos Estados Unidos e no Canadá; na América Central – em Belize, Santa Lúcia e Trinidad e Tobago; na América do Sul, na Guiana; na Europa, em Malta e na Grã-Bretanha, que compreende Inglaterra, Irlanda, Escócia e País de Gales; na Ásia; na Oceania – na Austrália e na Nova Zelândia; na África do Sul e em vários países das Caraíbas. Somam um total de 47 países, fora entidades não estatais que usam a língua inglesa como primeira língua.

Essa universalidade foi consolidada a partir de meados do século XX, quando os Estados Unidos surgiram como superpotência. Com o fenômeno da globalização, surgiu a necessidade de uma linguagem eficiente de comunicação. Desde então, o inglês é a língua usada para o turismo e os negócios, o que significa que o domínio do idioma abre portas e permite conhecimento, acesso a outras culturas e crescimento profissional.

Com o advento da internet, o aprendizado do inglês deu um salto, sendo uma exigência para acompanhar as mudanças que se produziram no mercado de trabalho, assim como para fazer uma pesquisa eficiente sobre qualquer tema científico. Há dados de pesquisa que informam que 85% das publicações científicas, 75% de toda a comunicação escrita, 80% da informação contida nos computadores de todo o mundo e 90% do conteúdo da internet são em inglês.

O inglês é a língua da informática, dos desportos internacionais, da aviação, dos eventos científicos, do comércio internacional, das relações econômicas, do cinema mundial, do intercâmbio cultural e do turismo.

Você ainda não se convenceu de que precisa estudar inglês? Analise algumas situações comuns hoje em dia.

Você quer conhecer os Estados Unidos. Digamos que você está em Nova Iorque e é hora do almoço. Você quer informações sobre onde almoçar. Você pede a indicação de um restaurante para comer. Então, você ouve: – You can have lunch in the restaurant at the corner. (Você pode almoçar no restaurante da esquina). Se você não conhece o verbo to have lunch, você pode ficar em dúvida se foi entendida, pois parece que estão lhe indicando um lugar para fazer um lanche. Como vai escolher batatas fritas para comer se não sabe que, em inglês, batatas fritas chamam-se ironicamente french fries?

Você quer fazer um intercâmbio de estudos na Inglaterra: como você vai se apresentar no primeiro dia de aula sem saber a língua, se os estudantes da sala vêm de vários países diferentes e a língua comum é o inglês?

Você quer viajar para a Austrália e, chegando lá, quer visitar o “shopping”. Provavelmente você ficaria confuso ao não ser entendido ou ao ser enviado para qualquer loja, pois shopping, em inglês, chama-se mall. To go shopping, por sua vez, é ir às compras.

Você tem uma videoconferência com o fornecedor estrangeiro da empresa que dirige, ou onde trabalha, e a língua da reunião é, com certeza, o inglês, uma vez que é a língua dos negócios. Se você não puder entender o seu fornecedor, provavelmente não se sustentará no cargo que ocupa.

Você quer crescer na sua profissão, quer obter uma bolsa de estudos em uma universidade fora do país, quer fazer parte da comunidade científica da sua área de atuação... Você não terá sucesso a menos que domine as habilidades necessárias para se comunicar em inglês: falar, compreender, ler e escrever.

Precisa ter dedicação e persistência? Sim, como na aquisição de qualquer outro conhecimento. E basta pensar nos benefícios e nas conquistas possíveis de advirem desse conhecimento para ver que vale a pena. Se você não se reconhece em nenhuma dessas situações, pergunte-se: quero crescer, conhecer-me e conhecer o mundo? Ou você quer ficar apenas observando da janela?

 

Serviços da escola
Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Melhores em Gestão 2018