Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

O papel do professor dos cursos técnicos no século XXI

por Fabíola Meazza Meneghini de Moraes

A educação do século XXI está atrelada ao desenvolvimento de competências profissionais que levam o indivíduo saber lidar com as mudanças e com as diversidades tecnológicas, econômicas e culturais, desenvolvendo a iniciativa e capacidade de adaptação. Se isso não ocorrer não haverá educação no seu verdadeiro sentido. 

Os cursos Técnicos que preparam o profissional para o mercado de trabalho, não podem se preocupar apenas com a formação técnica, mas devem desenvolver, no indivíduo, competências tais como: trabalho em equipe, liderança, comunicação, iniciativa, criatividade e atitudes. 

Competência é um saber agir responsável e reconhecido, que implica mobilizar, integrar, transferir conhecimentos, recursos, habilidades que agreguem valor econômico às organizações e valor social ao indivíduo. “A noção de competência designará aqui uma capacidade de mobilizar diversos recursos cognitivos para enfrentar um tipo de situação”. (PERRENOUD, 2000 p. 15) 

No livro, “Um tesouro a descobrir” de 1998 de Jaques Delors, apresenta que: 
- Aprender conhecer: está baseado no aprender ao longo de toda a vida, pois a aprendizagem é contínua. Aprende-se a cultura geral e ao mesmo tempo aprofundam-se alguns aspectos mais específicos; 
- Aprender a fazer: refere-se ao indivíduo que aprende a lidar com situações adversas; 
- Aprender a conviver: é aprender a viver com o outro, desenvolvendo o respeito à cultura, à história e aos conflitos; 
- Aprender a ser: é compreender a si mesmo, incrementando a capacidade de autonomia, de discernimento e desenvolvendo a atitude de querer a fazer, querer colocar em prática o conhecimento e habilidade. 

No século XXI não se pode pensar que os estudantes, sejam eles de cursos técnicos ou não, ficarão satisfeitos apenas com uma educação informativa, onde o professor passa seu conhecimento pronto e acabado sobre determinado fato ou circunstância. Este tipo de informação pode ser adquirida com a tecnologia, a internet, por exemplo, é capaz de levar o aluno obter informações sobre o que ele desejar. Sendo que será com a orientação do professor reflexivo e pesquisador que o aluno irá construir o conhecimento. 

A educação do século XXI é aquela em que o professor vai propor a construção de um conhecimento, haverá indagações, questionamentos onde serão estabelecidas relações entre as diferentes informações recebidas. O professor deve ser aquele que conhece ferramentas de tecnologia para serem utilizadas na sala de aula, instigando o aluno, desenvolvendo sua atitude de aprender a ser. 

Conforme aborda Perrenoud (2000) em seu livro “ As 10 novas competências para ensinar”, o professor irá organizar e dirigir ambientes de aprendizagem, lembrando que estes não serão estáticos e sim passíveis de transformação. A construção do conhecimento é coletiva, alunos e professor. Os alunos se sentem envolvidos pelo aprender. 

Neste contexto, não se pode deixar de fora a escola em si, que deve estar atualizada quanto a disponibilidade de tecnologia, tanto para seu corpo docente quanto para seus alunos. A escola deve fornecer ao professor constante atualização, proporcionando a este uma aprendizagem ativa, não o limitando apenas ao conhecimento da sua disciplina, mas o conhecimento do desenvolvimento do indivíduo (PERRENOUD, 2000). 

O professor deve ser instigado a trabalhar como um pesquisador, pois, ensinar não é transferir conhecimento e sim criar possibilidades para sua construção (Freire, 2008). Neste contexto vem à importância do professor crítico, curioso e reflexivo, que busca o constante aperfeiçoamento no aprender a aprender, que irá agir no processo educacional voltado ao desenvolvimento das competências do indivíduo na sociedade. 


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 
http://www.livrosgratis.com.br/arquivos_livros/ue000009.pdf, acesso em 20/04/2015 às 11:16 
FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática docente. São Paulo: Paz e Terra, 2008. 
PERRENOUD, Philippe. 10 novas competências para ensinar. Porto Alegre: Artmed, 2000. 

Serviços da escola
Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Melhores em Gestão 2018