Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Como você se vê no exterior?

por Jady Luana da Silva Lima - Professora do Senac Taquara

Quantos de nós não desejam viajar para fora do País para conhecer os pontos turísticos dos quais só ouvimos falar?

Comumente as pessoas escolhem o período de férias para viajar e a maioria se organiza, pelo menos, a partir da metade do ano para este momento.  Mas, você que tem esse desejo, já sabe o que é preciso para tornar isso real? Já se organizou para tirar este sonho do papel? Pois bem, entre as tantas coisas, como orçamento, roteiro de viagem, datas e hospedagem, temos o desafio da língua.

Se você não sabe a língua do país para o qual está viajando se organize para, pelo menos, estudar seis meses para que você possa ter uma noção do que você vai escutar e do que terá que falar. A quantidade de vocabulário necessária para a sua compreensão básica do idioma não é algo que se aprende na semana anterior à sua viagem.

Recomendo que você procure alguns vídeos de experiências de pessoas que viajaram e também em quais situações você terá que interagir com os nativos. Eu separei algumas que, para mim, são as mais comuns:

Cumprimentos – Você provavelmente já conhece os termos “hello” (olá), “bye, bye” (tchau tchau), “please” (por favor) e “thank you” (obrigada). Esses termos são os mais básicos e essenciais se você não quiser parecer mal-educado.

Aeroporto – Quando você parte de um aeroporto brasileiro, você sai tranquilo, pois você entende as placas e já entende como funciona. Mas assim que você chega ao seu destino, está tudo em outro idioma e, certamente, te pedirão para ver seu passaporte. Você está preparado para pedir ajuda ou responder a alguma pergunta que te fizerem?

Hotel – Assim que você chegar em seu hotel, você precisará fazer seu check-in e quando partir de volta precisará fazer o check-out. E estas são apenas duas situações, sem contar imprevistos caso você precise de alguma coisa.

Direções – Ao sair na rua e passear pela cidade turística, você certamente precisará pedir as direções para algum ponto turístico ou alguma informação a respeito. E aí, você consegue?

Restaurantes, supermercados e Lojas – Quer você saia para comer, quer você saia para comprar um souvenir, você precisará saber a frase clássica “How much does it cost?” (Quanto custa?), além de fazer pedidos como “Can I have an orange juice, please?” (Eu gostaria de um suco de laranja, por favor?), entre outras coisas, como os nomes das comidas e bebidas, ou o tamanho das roupas e as formas de pagamento.

Sabendo que você precisa ter estas noções básicas, é muito melhor ter um acompanhamento durante este processo, pois para se comunicar em uma língua, é necessário você entender (o que está sendo falado), falar (conseguir conversar), ler (informações, placas) e escrever (caso você esteja se comunicando por mensagem). E para tudo isso, você precisa conhecer a pronúncia das palavras, bem como reproduzi-las. Você precisa entender o significado das palavras e saber como elas são escritas. Portanto, estudar é o melhor caminho para uma boa comunicação.

Serviços da escola
Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Nós apoiamos o Pacto Global
Melhores em Gestão 2018
Você só tem

para mudar de vida e ainda economizar!