Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Gerações de amor!

por Bruno Vedooto - Docente do Senac Comunidade

 

Outubro chega com seus ares de verão, os dias mais longos e o calor começa a dar o ar da graça. Tuas redes sociais são invadidas por pequenos e pequenas nas fotos de perfis, voltamos a ser crianças na internet das coisas. 12 de outubro além de feriado nacional devido a homenagem à padroeira do Brasil – Nossa Senhora Aparecida – que também já foi criança, é o dia do não pode isso, não toca naquilo, tu te comportas, espera teu pai chegar que tu vais ver só. Quem nunca escutou essas frases? Mas e aquelas outras como “olha que coisa mais linda”, “que vontade de apertar e encher de beijos”, “minha vida, tudo para mim”? Crianças, dia 12 é Dia das Crianças, é dia de amor.

Já escutaram da geração Z, geração dos jovens que estão ingressando ou já estão no mercado de trabalho, mas e as crianças? Qual geração se encaixaria? Segundo especialistas existe uma geração que está em processo de estudos: a geração Alpha. E esta vai ao encontro das nossas crianças. Ainda muito pouco definida, sabemos que são nativos digitais, ou seja, mesmo não alfabetizados já sabem lidar com a tecnologia e seus infinitos mundos. Eu ainda não sou pai, mas tenho três sobrinhos, um menino de 9 anos e duas meninas, uma de 4 anos e outra de 2 anos. O maior já atua como Youtuber, denominação de quem já possui um canal do You Tube, com centenas de inscritos que os acompanham semanalmente em seus programas. As outras duas pegam os smartphones e já saem olhando vídeos de seus desenhos preferidos e tirando selfies(foto de si mesma).

Certo dia estava olhando uma reportagem no jornal sobre a educação dos filhos dos membros da família real do Reino Unido, o Príncipe Willian e da Duquesa Kate. Toda e qualquer conversa entre pais e filhos, acontece na chamada escuta ativa, ou seja, o príncipe e a duquesa se agacham para ficar na altura dos filhos, olho no olho e sem aquela percepção de eu sou maior e “mando”.

Independente do país, da classe social, do regime de governo, de qualquer momento, criança é sinônimo de amor, é a alma do amor, é aquilo que dá brilho e vida ao amor. São ingênuos e espertos ao mesmo tempo, o não dito pelos pais soa como uma inquietude, mas a ligação entre crianças e ao seu redor nos leva a crer que existe vida, que existe carinho, que existe proteção. Geração do amor, o velho e mais puro espírito do amor, nesse sentido não existe inovação.

Serviços da escola
Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Melhores em Gestão 2018