Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Recursos Humanos e seus novos papeis nas empresas

por Susete Maria Bridi - Docente do Senac Bento Gonçalves

Nos anos 60 e 70 o papel do profissional de Recursos Humanos (RH) era operacional e burocrático, limitado a contratação, desligamento e cálculos trabalhistas. O recrutamento e a análise do perfil do funcionário para assumir determinado posto na empresa era realizada pela gerência da área sem a participação do setor de RH.

Mas as empresas evoluíram a fim de se adaptar a um novo mundo tecnológico e globalizado, o qual necessita mais do que nunca de profissionais multifuncionais, “cabeças pensantes” e não somente funcionários que se limitam a cumprir tarefas sem uma visão global do negócio.

Neste contexto, a área de RH sofreu mudanças consideráveis, além da parte operacional a qual exige cada vez mais conhecimento, uma vez que os trabalhadores de hoje têm muito mais informação do que tinham há 40 anos. E o profissional de RH, além de constante atualização, deve dominar todos os aspectos trabalhistas pertinentes ao ramo de trabalho da empresa.  Atualmente, o setor de Recursos Humanos tem um papel estratégico nas empresas, atuando como um mediador entre diretoria e funcionários. É dele a responsabilidade de extrair o melhor da equipe.

Cito aqui o livro “Campeões de Recursos Humanos”, de Dave Ulrich, onde o autor afirma que uma organização competitiva na atualidade tem por objetivo criar valor e obter resultados e para isso deve assumir vários papéis dentro da empresa, os quais salienta:

-Administração Estratégica: faz o diagnóstico organizacional, identifica e possibilita um foco maior da organização nas necessidades de desenvolvimento e contratação de funcionários, aproveitando e reconhecendo talentos dentro da própria organização ou buscando os melhores recursos do mercado, para atingir objetivos propostos;

-Infraestrutura da empresa: redução de custos, maximização de resultados, boa produtividade e administração organizacional são papeis desenvolvidos dentro da área de RH, a qual deve buscar sempre eficiência nos processos dentro da empresa, reduzindo custos e elencando pessoas as quais tenham características de inovação para agregar ao crescimento a empresa;

-Administração dos Recursos Humanos: sendo este setor o elo entre diretoria e a fábrica, este deve ser um conciliador de objetivos, reconhecendo necessidades, desejos e problemas, sendo este o responsável pela melhora das condições de trabalho, tornando a equipe mais produtiva, motivada e comprometida com resultados;

-Agente de Mudança: agregar novas pessoas à organização e ambientá-las com uma nova cultura, com domínio das competências num local onde o funcionário se sinta peça chave para o sucesso da empresa.

O profissional de RH reconhece possibilidades dentro da empresa para que esta possa desenvolver melhor suas atividades em qualquer área da organização. Em um mundo onde a tecnologia e a informação são comuns a todas as empresas, os produtos fabricados são similares, vendidos a preços similares, o único diferencial competitivo são as pessoas. É no desenvolvimento delas que deve estar o foco para o sucesso da empresa.

Serviços da escola
Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Melhores em Gestão 2018