Senac

Rio Grande do Sul

Escolha seu Curso

Notícia

20/05/2020

Profissão técnico em enfermagem: o alicerce do sistema de saúde

Profissão técnico em enfermagem: o alicerce do sistema de saúde
Divulgação Senac-RS

No dia dedicado a estes profissionais, a coordenadora do curso no Senac Santana do Livramento destaca a importância da profissão

 

Realizar técnicas precisas, seguras e eficazes. Discretamente fazer de sua rotina salvar vidas. Proporcionar conforto ao sofrimento. Emanar paz e tranquilidade em momentos de dor. Possuir o olhar afetuoso e observador. Comunicar-se com leveza e empatia. Saber ser luz quando não há esperança. Saber ser essencial. Saber manter o equilíbrio em momentos de caos. Saber ser equipe e ser linha de frente. Saber ter coragem, amor e compaixão. Saber ser enfermagem.

No dia 20 de maio, comemora-se o dia do Técnico em Enfermagem. Esse é um profissional que constrói seu saber pautado na cientificidade dos processos de cuidar. Transita em diversas áreas da saúde, podendo atuar em hospitais, clínicas, laboratórios e, também, no cuidado domiciliar. Realiza cuidados em saúde de baixa e média complexidade. Compõe a equipe de enfermagem sob supervisão do Enfermeiro. Além disso, é linha de frente em momentos difíceis como o atual. A especialista em Urgência e Emergência e coordenadora do Técnico em Enfermagem do Senac Santana do Livramento, Júlia Torres Cavalheiro, lembra dessa entrega dos profissionais. "Estamos na linha de frente do cuidado em saúde, em período integral, acompanhando as diversas fases do desenvolvimento humano. Os técnicos são profissionais fundamentais para garantia de uma assistência em enfermagem segura e de qualidade nos diversos serviços de saúde".  

Contudo, ainda é uma profissão extremamente desvalorizada. A luta pelo reconhecimento profissional é necessária frente a uma imagem muito errada tida pela sociedade, que acha que os cuidados primordiais dos enfermeiros e técnicos podem ser realizados por qualquer um. A especialista lembra que "a invisibilidade dos profissionais da enfermagem estão relacionadas ao desconhecimento da sociedade sobre a cientificidade do cuidar, ou seja, a enfermagem científica". 

Em meio a pandemia da Covid-19, houve um aumento da visibilidade da enfermagem em caráter mundial, o qual proporcionou aos profissionais um maior  reconhecimento do seu fazer. O prestígio adquirido foi imprescindível para que a enfermagem consiga lutar pelos seus direitos que, muitas vezes ficam perdidos ao longo do tempo. A coordenadora do curso técnico em enfermagem do Senac Santana do Livramento afirma que "é imprescindível cuidar da saúde de quem cuida. Melhorar a estrutura e condições de trabalho ofertados, proporcionar carga horária de trabalho e salários dignos é a melhor forma de reconhecimento e agradecimento a estes profissionais que sempre estiveram na linha de frente do cuidado em saúde".

Muitas vezes, todo esse cuidado e amor extrapolam as linhas da profissão e alcançam novos patamares. Como é o caso da aluna do Técnico em Enfermagem do Senac Santana do Livramento, Maria Fernanda Moreno, e suas amigas. Munidas com alguns quilos de arroz e feijão e 60 marmitas, que conseguiram comprar com seu próprio dinheiro, elas começaram a preparar refeições básicas para doar pelas ruas da cidade. "Cada uma de nós contribuiu com algo para que pudéssemos realizar isso. Fizemos então arroz e feijão e saímos para entregar. Sempre escrevemos frases como ´você é importante, cuide -se e bom almoço´. Uma forma que achamos de tornar as marmitas mais humanas e mostrar que eles têm importância e que alguém, de alguma forma, zela por eles”. 

Elas buscaram os pontos mais necessitados da cidade. Porém, durante a entrega, se depararam com uma situação muito pior do que imaginavam. “Vimos pessoas vivendo em situação de muita miséria. Famílias com 12, 15 pessoas. No fim, nossas marmitas puderam alimentar apenas algumas famílias”. Foi assim que decidiram levar o projeto em frente. Na entrega seguinte, aumentaram para 200 marmitas e receberam doações para que pudessem manter o trabalho. “Não tem um fim de semana que não acabamos as entregas sem o sentimento de impotência por não poder ajudar mais. Sentindo a gratidão por poder auxiliar, mesmo que pouco, e ao mesmo tempo sabendo que é pouco”, lembra a futura técnica em enfermagem. Quem quiser fazer qualquer doação, pode falar com a Maria Fernanda pelo (55) 8122-4486.

Na área da enfermagem é preciso enxergar o paciente como um todo, e assim o tanto a docente quanto a aluna fazem. É preciso ter entrega dentro e fora da profissão. Oferecendo assim uma vida mais justa, com cuidado e amor que todos merecem.

 

Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Nós apoiamos o Pacto Global
Melhores em Gestão 2018