Senac

Rio Grande do Sul

Escolha seu Curso

Notícia

Porto Alegre, 05/03/2018

Seja o profissional que o mercado de trabalho procura

Seja o profissional que o mercado de trabalho procura

Segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), jovens entre 15 e 24 anos que nunca trabalharam têm 64% menos chances de encontrar um emprego do que pessoas da mesma idade com experiência anterior e 70% menos que adultos com 25 anos ou mais. Para reverter esta situação é preciso compreender qual perfil as empresas buscam e estar preparado para ser esse profissional. Márcia Wenzel, orientadora educacional do Senac Santa Cruz do Sul, aponta que o mercado está à procura de jovens comprometidos, responsáveis, que tenham iniciativa e que demonstrem aderência à cultura organizacional da empresa.

Quando uma empresa aposta em um jovem, não espera um especialista, mas uma pessoa com motivação para o trabalho. “Organização,  ética, transparência, comprometimento, iniciativa e coerência são algumas das características que o contratante valoriza em jovens que estão no início de sua caminhada profissional”, explica Márcia. Todas essas questões envolvem a capacidade do jovem em desenvolver suas competências comportamentais. Segundo a orientadora do Senac, é necessário ter foco e objetivos definidos, bem como demonstrar que se identifica com os valores e princípios da organização.
 
Assim como os valores desenvolvidos, uma qualificação destaca o jovem em relação aos demais e é uma maneira eficaz de suprir a falta de experiência na busca por uma vaga. Márcia destaca que, no momento em que formula seu primeiro currículo, é comum que o jovem tenha poucas informações para dar consistência ao currículo. Por isso, é importante focar em retratar suas habilidades, e aqui encaixa a relevância de ter qualificações.
 
A pedagoga do Senac Santa Cruz do Sul, Melissa Schuck, afirma que hoje não basta o profissional ter qualificações básicas para a função que almeja: “cursos específicos da área desejada, domínio de idiomas e até mesmo atividades para desenvolvimento pessoal contam muito na disputa por uma vaga, pois, dessa forma, o profissional mostra que está disposto a melhorar”. A pedagoga ressalta que a busca por aprendizado garante ao empregador que o profissional que ele irá contratar não ficará parado no tempo.

Em busca de um segundo idioma
Uma habilidade essencial na disputa por uma vaga é o domínio de um segundo idioma. Dados do Guia da Carreira estimam que 60% das vagas disponíveis demandam algum nível de fluência no inglês. Além das habilidades de comunicação requeridas pelas empresas, a docente de idiomas do Senac Santa Cruz Daniele Horta destaca que o domínio do inglês proporciona um mundo sem fronteiras de conhecimento. “Atualmente, todo o conteúdo relevante de qualquer área do conhecimento é rapidamente compartilhado na internet em língua inglesa, e para se manter atualizado e à frente dos concorrentes, é fundamental que se chegue às informações primeiro”, explica Daniele.
 
Melissa Schuck evidencia que a cidade de Santa Cruz e sua região têm um grande número de multinacionais e grandes exportadoras, realidade que aumenta a necessidade de um segundo idioma para uma boa colocação. Além do inglês, a busca por profissionais falantes de espanhol tem crescido na região. Segundo Daniele, esse quadro se deve ao mercado de exportações e importações. A docente indica que, para chegar a um nível de fluência em um idioma, o estudante precisa manter uma rotina de estudos de pelo menos 4 horas semanais. Neste ritmo, em cerca de dois anos, já é possível chegar ao nível intermediário e, com mais um ou dois anos de estudos, pode-se alcançar a desejada fluência avançada.
 
Segundo a diretora do Senac Santa Cruz do Sul, Daniela Laner, o mercado de trabalho requer colaboradores com visão sistêmica e capazes de contribuir com o fomento dos resultados das empresas. “O mercado exige, além do conhecimento técnico, também elevada competência emocional”, explica Daniela. Por isso, o Senac capacita profissionais para este cenário, com metodologia baseada em competências, através de conhecimentos, habilidades e também atitudes.  “Procuramos aliar a teoria a prática, formando profissionais que possam fazer a diferença nas empresas do comércio de bens, serviços e turismo” - destaca a diretora.
Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato